Escrito por Marcelo Lopes Máximo03 Abril 2013Acessos: 2371

Dez dicas para Caminhadas Ecológicas

1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 Rating 3.50 (3 Votes)

01. Horários e Roteiros

É sempre bom saber a distância, o tempo total do percurso e o grau de dificuldade. Se o caminho for desconhecido, contrate os serviços de um guia. Evite caminhar sozinho e sempre avise a algum conhecido sobre o seu destino. Nas caminhadas em grupo, procure ser sempre pontual, compartilhe bons hábitos.

02. Companheirismo e Interação

É a melhor forma de manter o grupo unido, proporcionando um passeio agradável para todos. Caso alguém apresente dificuldades procure ajudar ou acompanhar o ritmo do mais lento. Evite fazer muito barulho. Além de assustar os bichos, você deixa de curtir as possibilidades de interação que a natureza oferece. Se você quiser uma fotografia de algum morador local, seja gentil: peça-lhe a permissão antes

03. Alongamento e Calçado

Alongue-se antes e depois de cada trecho de caminhada e hidrate-se sempre, mesmo antes de sentir sede. Para caminhadas ecológicas, o recomendável são botas com bom amortecimento, solas aderentes e, se possível, impermeáveis. É preferível que estejam amaciadas antes da viagem, para evitar bolhas e calos. As meias devem ser grossas. 

04. Roupas e mochilas

As roupas devem ser adequadas ao passeio, ou seja, condizentes com o clima e vegetação, de preferência roupas que sequem com facilidade, no caso de chuva. Em matas ou trilhas fechadas as calças compridas evitam arranhões, em lugares frios toucas e luvas são muito bem-vindas. As roupas extras devem ser embaladas em sacos plásticos para evitar que molhem. Dentro dos plásticos, as vestimentas devem ser arrumadas como rocamboles, diminuindo assim seu volume. Opte por uma mochila de material resistente, que tenha alça abdominal (para maior estabilidade e melhor distribuição do peso) e, de preferência, bolsos externos para carregar uma garrafa de água e objetos de urgência. Regule bem a mochila, fazendo com que o peso seja bem distribuído. Em caso de caminhadas longas, o ideal é que o peso não ultrapasse 1/3 do seu próprio peso corporal.

05. Alimentação

Leve alimentos que não precisam manter-se resfriados, barra de cereais, chocolates, salaminho italiano, biscoitos, carne de soja, frutas, isotônicos, carne seca, o velho e bom miojo... Evite enlatados, frascos de vidro e bebidas alcoólicas.

06. Lixo

Não deixe lixo por onde passar e se possível recolha o lixo de pessoas descuidadas.

07. Água

Sempre beba bastante água. Fique atento ao leito de nascentes e rios e evite poluí-los, jamais faça suas necessidades fisiológicas próximo ao leito dos rios. Você pode preparar soro caseiro se a caminhada exigir muito esforço e você se sentir desidratado, pode acreditar o soro salva vidas.

08. Fauna

Não retire plantas e flores, para que outras pessoas tenham a mesma oportunidade que você de admirá-los. Não moleste nem dê comida a animais silvestres. É crime ambiental retirar plantas nativas de seu habitat natural, e a caça pode ser crime inafiançável.

09. Imprescindível

Em qualquer passeio leve; sacos plásticos para o lixo, uma lanterna com pilhas extras, máquina fotográfica, fósforo ou isqueiro, protetor labial, filtro solar, relógio, repelentes, telefone celular, capa de chuva, desodorante, óculos escuros, bússola ou GPS e chapéu.

10. Barraca

Necessidade de uso em caso de pernoite em acampamento. A barraca deve oferecer o máximo de conforto e segurança, protegendo seus ocupantes do vento, chuva, frio, sol e insetos com menor peso possível, afinal de contas ela será sua casa temporariamente. Lembre-se que a capacidade de pessoas indicadas pelo fabricante não leva em consideração a quantidade de equipamentos, por isso sempre considerar com um lugar a menos do que o indicado. Existem no mercado barracas que possuem uma “varanda” isso permite que o espaço interno da barraca aumente e até que se faça comida nos dias chuvosos. Procure um lugar mais plano para armar a barraca, tendo cuidado de verificar se existem tocos e/ou pedras pontiagudas, afinal seu conforto a noite dependerá da boa armação da barraca. O isolante térmico (EVA) protege isolando a umidade e o frio do terreno, além de corrigir possíveis irregularidades do solo.

Adicionar Comentário
  • Nenhum comentário encontrado
Saiba tudo sobre nossas novidades, lançamentos e serviços...